sexta-feira, 18 de agosto de 2017

ALFABETIZAÇÃO: AQUISIÇÃO DA CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA - PASSO A PASSO


No processo de alfabetizaçao a aquisição da consciência fonológica é imprescindível. Ela facilita a aprendizagem da escrita, a criança constroi a confiança em si mesma adquirindo competências necessárias para  o desenvolvimento das complexas estruturas e processos de aprendizagem de leitura e escrita. Mas como desenvolver essa consciencia em nossos alunos? Estamos compartilhando o passo a passo para que você possa trabalhar com seus alunos. Sucesso!

AQUISIÇÃO DA CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA

SÍLABAS

Escolhendo a palavra: 
Escolha uma palavra significativa, uma palavra que esteja inserida em um assunto que esteja sendo trabalhado em sala de aula. Palavra de um texto, palavra de um título, de uma música em fim, a sua significância é importantíssima.

Silabando
Falar a palavra pausadamente e perguntar aos alunos: "Quantos pedaços tem essa palavra?" ou "Quantas vezes abrimos a boca para falá-la?" Bater palmas a cada sílaba. Não esqueça de falar que esses pedaços são sílabas. Repita o procedimento com outras palavras. Distribua as palavras em estudo para cada aluno e peça para que pintem de cores diferentes as palavras com 1 sílaba, com 2 sílabas e com 3 sílabas. Exemplo: LISTA DE INGREDIENTES de uma salada de frutas. Depois registre as palavras, no caderno, em forma de tabela.

SÍLABA INICIAL
Escreva a palavra no quadro e peça para que as crianças identifiquem o primeiro"pedaço"(sílaba) e destaque-o. Leia a sílaba inicial com um segundo de intervalo e depois o resto da palavra. O intervalo é para marcar oralmente a sílaba em questão. Usar o mesmo procedimento com as outras palavras da lista deixando que as crianças completem oralmente. Exemplo:
LARANJA
LA (1 segundo de pausa) RANJA = LARANJA
Escreva abaixo, outra palavra que também comece com "LA". Exemplo: LATA, LARA
Pedir para dizerem outras palavras que começam com o mesmo som. Ex.: "LAPIS" "LAPISEIRA" repetir o procedimento com outras palavras da lista.

SÍLABA FINAL (RIMAS)
Utilizar a lista em um cartaz ou escrita no quadro. Grife as palavras que rimam, destacando as silabas finais. Exemplo: MELÃO, MAMÃO. Peça para as crianças dizerem o que essas palavras têm em comum, deixe que elas concluam que elas terminam iguais ou que combinam (explique o que são rimas). Escreva no quadro outra palavra da lista e faça uma rima. Exemplo: MORANGO - AMIGO. Ao verificar que todas as crianças entenderam, proponha que os alunos criem novas rimas a partir da palavra selecionada.

SÍLABA MEDIAL OU MEDIANA
Escreva no quadro a palavra CA NE LA, repetindo o mesmo procedimento.  JA NE LA. Questionar se os pedaços destacados sao iguais. Insira a palavra BO NE CA. Torne a perguntar se são iguais. Insira a palavra BA NA NA. Pergunte: E agora, são iguais? Discutir com as crianças, chamando a atenção para a diferença sonora.
Forme grupos, entregue envelopes com palavras trissilabas para cada grupo. Cada aluno deve retirar uma palavra e falar a silaba do meio. A cada acerto o grupo vai registrando a palavra no caderno destacando a silaba medial. Ganha o grupo que registrar mais palavras.